O que é defensivo agrícola e quais os cuidados para usar esse produto?

Segmentos
Tipos de produtos
Tipos de limpeza
Linhas
Tipos de produtos
Tipos de limpeza
Linhas
defensivo agrícola

Por Francisco Tovo

Tal como o nome indica, defensivos agrícolas são produtos químicos, físicos ou biológicos desenvolvidos para garantir a produtividade e a saúde da lavoura. Na prática, esses produtos atuam no controle de pragas que destroem ou prejudicam a produção de alimentos. A Lei n. 7.802, de 11 de julho de 1989, que dispõe sobre o assunto, nomeia tais substâncias como agrotóxicos e afins, aqueles destinados aos usos de produção, armazenamento e beneficiamento de produtos agrícolas, pecuários e para a proteção de ecossistemas e ambientes urbanos.

O nome agrotóxico, considerado por muitos agricultores pejorativo, refere-se à capacidade tóxica de tais produtos em relação a determinados organismos. No entanto, ao contrário do que o senso comum pensa, esses produtos também têm seu destino previsto para a proteção de fauna e flora nativas, o que indica que o agrotóxico não é utilizado somente para fins “tóxicos”, como muita gente desinformada gosta de frisar.

É importante destacar aqui que pragas consideradas inofensivas por muita gente “desinformada” foram responsáveis por grandes devastações, como no caso dos besouros Mountain Pine, responsabilizados por arrasar grandes extensões de florestas de pinhos na América do Norte. Assim, os agrotóxicos têm o objetivo principal de controlar as pragas, que são organismos com capacidade de destruir as plantas. Entre as mais comuns, estão fungos, pulgões, moscas-brancas, ácaros, lagartas e formigas.

Esse problema envolvendo agricultura e pragas é bastante antigo e encontrou uma solução eficiente com a ascensão dos defensivos agrícolas. Relatos de grandes períodos de fome motivados pela destruição de plantações assoladas com pragas são recorrentes na história da humanidade.

Tecnicamente falando, considerando a população mundial atual de 7,7 bilhões de pessoas (dados da ONU), sem lavouras eficientes, não existiria comida para sustentar todos os convidados para o “almoço”, o que ocasionaria um verdadeiro cenário de terror. Inclusive, uma equação prevendo esse caos foi teorizada pelo economista Thomas Malthus em 1798. A equação não funcionou, exatamente, porque surgiram os defensivos agrícolas e mudaram o patamar de produção mundial de alimentos.

Cabe ressaltar que, devido aos efeitos tóxicos, que podem inclusive afetar os humanos, o descarte de embalagens de defensivos agrícolas, seu manuseio, armazenamento e uso exigem cuidados especiais.

Higienização de alimentos

Para diluir agrotóxicos, é necessário primeiramente utilizar equipamentos de segurança que promovem o isolamento do contato entre o corpo e a substância, tais como óculos, luvas e máscaras de proteção. A exposição ao defensivo agrícola deve ser evitada sempre que possível, e o contato e o uso precisam ser feitos de acordo com o manual de especificações do produto – todos defensivos possuem um manual que deve ser utilizado.

Além de cuidados durante o manuseio dos agrotóxicos, vale lembrar que os alimentos convencionais de origem vegetal, tais como legumes, frutas e verduras, podem conter resíduos dessas substâncias, o que liga o alerta para os cuidados necessários antes do consumo.

O Ministério da Saúde indica o uso de uma pequena quantidade de hipoclorito de sódio, a famosa água sanitária, diluída em água para a imersão dos alimentos. O tempo estimado de imersão é de, aproximadamente, 20 minutos. A medida mais comum indicada por especialistas é de apenas uma colher de água sanitária para cada litro de água. Tecnicamente falando, essa medida promove a higienização dos alimentos e ajuda a retirar os resíduos de agrotóxicos, mas não existem garantias de sua total remoção. O Ministério da Saúde alerta também para falsas informações sobre o assunto, como a utilização de iodo para a remoção de defensivos agrícolas. A medida é ineficaz e contraindicada. A entidade ainda afirma que o emprego de pequenas quantidades de detergente neutro durante a lavagem dos alimentos também ajuda na remoção dos resíduos.




Formulário de Contato

fale conosco

Cadastre-se

Receba nossas novidades por email.

Biblioteca


Sobre a Alkon

A Alkon é uma indústria química focada em soluções para empresas através do desenvolvimento de produtos para limpeza industrial e comercial.

A aliança entre a eficiência e a sustentabilidade nos torna uma empresa com foco em excelência, desde o atendimento inicial aos clientes, até a entrega final de produtos como desengraxantes, descarbonizantes, sanitizantes, lubrificantes, solventes e muitos outros.

Parceiros de negócios

Anglo Gold Ashanti
Av. Wilson Tavares Ribeiro, 465. Chácaras Santa Terezinha. Contagem - Minas Gerais | cep 32183-680